ÚLTIMAS NOTÍCIAS

“A proposta não é formar atletas e sim cidadãos”, diz o idealizador do Céu das Artes

por Larissa Pessi e Jennyfer Siqueira | lari.pessi@hotmail.com e jennyfersiqueira@gmail.com

Desde 2004, o vigilante noturno José Ventura coordena o projeto social Jovens Talentos, na Restinga Velha, e agora espera pela conclusão de seu maior sonho: o Céu das Artes (Foto: Larissa Pessi)

Faz sol na grande Porto Alegre. A temperatura é de 31°C. Pouco depois das 13 horas a equipe de reportagem do UniRitter Esporte sai do centro da cidade a bordo da linha 211 rumo ao bairro Restinga Velha. Nos 55 longos minutos que se seguem, o motorista do ônibus corre, como se soubesse da nossa ansiedade em chegar ao destino: a rua doutor Arno Horn, número 211. É lá que será construído o Céu das Artes e onde entrevistamos o maior responsável pela obra: José Luís Vieira Ventura, o Seu Zé.

Mesmo sendo conhecido pela violência – única oportunidade em que o bairro aparece nos maiores veículos de comunicação -, a Restinga não é um dos principais pontos de tráfico de drogas (estes se encontram nas zonas centrais e leste). Segundo o Mapa de Segurança Pública de 2014, no ano anterior a Guarda Municipal atendeu 113 ocorrências, entre elas 19 estupros. Foi essa violência e o aliciamento de jovens para o tráfico que motivaram o vigilante a agir: “Resolver tu não resolve, mas tu tens que mostrar outra possibilidade”. Vendo no esporte uma oportunidade para ajudar a juventude local, ele reuniu voluntários e profissionais das mais diversas áreas. O ativista comunitário relembra que o terreno escolhido para o projeto Jovens Talentos, realizado pela sua entidade, o Complexo Esportivo Barro Vermelho, costumava ser ponto de tráfico de drogas, desova de corpos, estupro e prostituição, além de descarte inapropriado de lixo. Em 2004, tudo isso deu lugar ao que seria o início de uma mudança de destinos: uma pista de 400m. Com a ajuda da comunidade, Seu Zé conseguiu capinar o local e fazer os equipamentos necessários (barreiras, dardos, etc) com madeira reciclada e sacos de areia. Em 2009, esta estrutura precisou ser desmanchada para abrigar algo ainda maior, o Céu das Artes (Centro de Artes e Esportes Unificados).

Continue lendo neste link.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: