ÚLTIMAS NOTÍCIAS

As conquistas e superações de Natália no vôlei

por Ellen Ribeiro | ellensribeiro95@gmail.com

Foto: Reprodução/Facebook

Natália Zilio Pereira nasceu em Ponta Grossa (PR) no dia 4 de abril de 1989. Jogadora de vôlei, ela atualmente defende o time turco Fenerbahçe. Sua posição é a de ponteira, tendo 1,83m de altura e 76 kg. Também integra a seleção brasileira.

Sua trajetória no vôlei começou ainda no colégio, quando seu professor, que também era técnico do time da cidade, observou o seu talento. Ele conversou com os pais de Natália e ela começou a treinar, ficando neste time de 1999 a 2003. Depois foi para as categorias de base da Associação Joaçabense de Voleibol (AJOV), em Joaçaba (SC).

Aos 15 anos, Natália foi para Campos de Goytacazes, onde defendeu sua primeira equipe profissional: o Automóvel Clube. Foi recebida pelo técnico do time, Luizomar de Moura, que a buscou na rodoviária. Natália tinha uma carta de sua mãe ao técnico, responsabilizando-o por ela.

Natália assistindo a um jogo de tênis (Reprodução/Instagram)

Natália assistindo a um jogo de tênis (Reprodução/Instagram)

Luizomar levou Natália para o time de Osasco. Sua primeira convocação para a seleção veio logo em 2005. Porém, já no ano de 2011, a jogadora começou a sentir fortes dores na canela e descobriu que estava com um tumor no osso. Passou por uma cirurgia e, após o tempo de recuperação, viajou com a seleção para disputar o Grand Prix. Conquistou a medalha e foi homenageada na cidade em que morava, mas, sua perna voltou a doer nesta viagem.

Um mês antes das Olimpíadas de Londres-2012, Natália começou a saltar e, aparentemente, estava tudo bem. Porém, em dezembro do mesmo ano, o tumor voltou. Ela passou novamente por uma cirurgia, tirou 4 cm do osso e ficou dois meses e meio sem colocar o pé no chão.

Na Superliga 2012/2013, Natália foi suspensa durante 60 dias por uso de doping. Em um primeiro julgamento, a jogadora foi absolvida em erro dos julgadores na audiência. Porém, o procurador Fábio Lira entrou com recurso discordando do resultado e foi confirmado no exame a presença de uma substância proibida.

Antes de jogar em seu atual clube, ela jogou no Rio de Janeiro, também conhecido como Rexona/Ades. Entre suas medalhas de ouro constam: Jogos Olímpicos (Londres-2012), Grand Prix (Tóquio-2009) e (Bangkok-2016), Copa dos Campeões (Japão-2005). Como jogadora do Osasco: Campeonato Sul-Americano (Lima-2009) e (Lima-2010). Como jogadora do Rio de Janeiro: Campeonato Sul-Americano (Osasco-2015) e (La Plata-2016).

FONTES CONSULTADAS:

Sportv.com. Natália se emociona ao lembrar tumor, e Luizomar guarda carta “para paizão”. Disponível em: http://sportv.globo.com/site/programas/rio-2016/noticia/2016/05/natalia-se-emociona-ao-lembrar-tumor-e-luizomar-guarda-carta-para-paizao.html#atleta-natalia 15/11.

André Esmeriz. Após superar tumor, Natália respira “novos ares” em Campinas. Disponível em: https://esportes.terra.com.br/volei/apos-superar-tumor-natalia-respira-novos-ares-em-campinas,146984123ece1410VgnVCM10000098cceb0aRCRD.html .

Fã Clube Natália Zílio. Disponível em: https://www.facebook.com/tropanatilovers/?fref=ts .

Deixe um comentário