ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Inquieto, Eduardo Marques investe em conteúdo esportivo na internet

por Camila Figueiredo | camilozza@gmail.com

Eduardo Marques, 31 anos, é estudante do terceiro semestre de Jornalismo na UniRitter. Há um ano criou o canal Estamos Funcionando, que também conta com uma página no Facebook. Eduardo pratica um jornalismo independente, indo atrás das suas fontes. Apaixonado por futebol, ele sonhava, na infância, em ser jogador. Hoje, produz conteúdo sobre a sua maior paixão.

Como nasceu a ideia do Estamos Funcionando?
A ideia surgiu depois que eu participei de um quadro do programa Patrola chamado um dia de repórter. Percebi ali que este era meu sonho. Fiquei completamente encantando com o mundo jornalístico. E me despertou um interesse muito forte em juntar minhas duas paixões, o esporte e o jornalismo.

Qual foi a primeira entrevista esportiva que você realizou?
A minha primeira entrevista esportiva foi com um jogador profissional do Grêmio. Passei a tarde conhecendo todo centro de treinamento e vendo toda a estrutura que o atleta possui para chegar à excelência em sua profissão.

Arquivo pessoal

Apaixonado por futebol, Eduardo também produz conteúdos relacionados a outros esportes

Você enxerga dificuldades no jornalismo esportivo?
Sim, a dificuldade maior é chegar até ao atleta do futebol profissional. Todo o jogador possui um assessor de imprensa, que dá prioridade aos jornalistas de grande veículos de comunicação. E quando tu consegues a oportunidade de entrevistar o atleta tudo precisa estar muito bem preparado em um curto espaço de tempo.

Quem é teu ídolo no esporte?
Ronaldinho Gaúcho. Meu sonho é conseguir realizar um entrevista com ele dentro de campo. Acompanhei toda a sua carreira e o vi ganhar dois prêmios como melhor do mundo. Não vi o Pelé jogar, mas vi Ronaldinho Gaúcho.

Na sua opinião qual é o melhor time de futebol do mundo?
É o Barcelona, pelo seu estilo de futebol e por todas as suas conquistas. O time mantém um padrão de jogo independentemente de seu adversário, sempre com o seu futebol ofensivo e suas linhas de defesas avançadas, proporcionando um verdadeiro espetáculo.

Qual sua opinião sobre a atual fase da seleção brasileira?
Eu acredito que o problema não são os jogadores e sim a atual do gestão do técnico Dunga, que não monta um bom esquema tático com as peças que tem disponível, mostrando a sua “neymardependência”. A seleção não possuiu um esquema de jogo definido.

Arquivo pessoal

Aluno do terceiro semestre do curso de Jornalismo na UniRitter, Eduardo já investe em um projeto próprio na área de esportes

Você começou a se interessar por outras modalidades de esporte que não seja o futebol depois de criar o Estamos Funcionando?
Me interessei sim. Inclusive realizei uma matéria sobre um esporte que está sendo difundido no Brasil, que é o hóquei. Estive na sede do único clube que existe no Rio Grande do Sul e conta com esse esporte olímpico que estará presente nas Olimpíadas de 2016.

Como você imagina o seu projeto esportivo daqui cinco anos?
Consolidado em uma grande emissora com um programa de televisão direcionado ao público dos esportes e recebendo grandes astros do esporte mundial.

Deixe um comentário