ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Jogos Universitários Brasileiros valorizam os atletas estudantes

por Bruna Fonseca | brunafonseca@outlook.com

Em uma manhã ensolarada na capital dos gaúchos, em uma terça-feira de outubro, a equipe de natação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul se preparava para decolar rumo ao Nordeste. Destino? A sede dos Jogos Brasileiros Universitários de 2014 – Aracaju, no Sergipe.

Ocorrido entre os dias 30 de outubro e 9 de novembro, o JUBs 2014 foi organizado pela Confederação Brasileira do Desporto Universitário (CBDU) com apoio da Prefeitura Municipal de Aracaju, Federação Atlética de Estudantes em Sergipe (FAES) e Ministério do Esporte do Governo Federal. Na primeira fase da 62ª edição do evento foram realizadas as provas individuais com a participação de mil atletas competindo nas modalidades: atletismo, ginástica rítmica, judô, natação, tênis, vôlei de praia e xadrez.

Arquivo Pessoal

Júlia na época em que competia pelo Grêmio Náutico União

As modalidades coletivas começaram na primeira terça-feira de novembro e as provas aconteceram até o último dia do evento. Mais de 2 mil atletas participaram das três divisões femininas e masculinas dessa etapa, no basquete, futsal, handebol e voleibol.

Preparação diferenciada

Atleta de natação desde os 10 anos de idade, a estudante de Educação Física da UFRGS, Júlia Melo Fiori, 19 anos, teve sua primeira experiência nos Jogos Brasileiros Universitários nesse ano. Segundo a estudante, o que mais chamou sua atenção durante os dias em que permaneceu na capital sergipana foi a recepção calorosa que receberam. “Já no aeroporto, fomos recebidos por uma banda e kits especiais”, falou Júlia, que ainda ressaltou o bem sucedido sistema de transporte que levava todos para seus respectivos locais de prova.

“Valoriza os atletas brasileiros, nos motiva”, diz a atleta

Júlia competiu pelo Grêmio Náutico União (GNU) desde o início de sua vida no esporte e, no segundo semestre de 2013, teve que largar os treinos e competições devido às obrigações da vida acadêmica. Porém, ao ser convidada para participar da fase seletiva do estado, nos Jogos Gaúchos Universitários, sentiu que seu esforço estava sendo recompensado. “Nunca achei que iria competir novamente. Celebramos o esporte. Valoriza os atletas brasileiros e nos dá incentivo”, disse.

Deixe um comentário